Amor?

Eu digo-vos o que é o amor.
É um sorriso que fica gravado na retina e que, cada vez que é recordado, faz parar o tempo.


(eu até explicava isto melhor, mas o amor é também pessoal e inexplicavelmente íntimo)

3 comentários:

Anónimo disse...

Podias explicar,mas não precisa Carlos, não precisa.
Abraço.
Pedro

Anónimo disse...

Lindo!

aifoS disse...

Andamos filosoficamente românticos?!...isso não costuma dar mais na altura da Primavera com o desabrochar de tudo??...lol..
Estou a brincar..
Na minha opinião o Amor é como o Natal...é quando o Homem (e a Mulher...não sejamos machistas...) quiserem...desde que seja sempre intenso e verdadeiro, cura todas as doenças da Alma. E cada um sente, descreve e demonstra à sua maneira.
No fundo o amor pode ser tudo e nada em simultâneo...só tem que ser profundamente sentido...