A prova de que cada vez existe menos esperança e de que o mundo, afinal, não é um lugar melhor...

...é o facto de Margarida Rebelo Pinto ter cometido mais um livro.

Chama-se "Vou contar-te um segredo".
Por acaso, era mesmo isso que eu queria dizer à Margarida.
Até consigo imaginar: Margarida... Magui... Guidinhas... Chega aqui, que eu quero contar-te um segredo... Anda cá, não te assustes com o machado.

4 comentários:

Eduardo Ramos disse...

... estou de rastos!
Lêr este post, lá fora a chover e ao mesmo tempo a ouvir a música School dos Supertramp... estou de rastos.
Chorei, abundantemente!
Aumentem a luz, o custo de vida! Tirem-me o pão da boca... mas isso não!
NÃO!!!
NÃÃÃO!

karmatoon disse...

Eu até ia dizer para te conteres e lhe cortares apenas as mãozinhas, mas...
lembrei-me que a gaja de tão chata que é, ainda aprendia a escrever com uma caneta enfiada nos dedos dos pés.
Por isso não te fiques.
Dá-lhe uma bem em cheio na mona!

aifos disse...

hahahaha....não gosto de ser macabra...mas...precisas de ajuda para dar balanço ao machado???...

(~_~)

Kane disse...

Essa gaja é mesmo um caso sério de prostituição literária. Nunca vi um caso tão grave de gratuiticidade... e ainda por cima a gaja tem a mania que é vedeta, lá porque deu aulas na faculdade. Pois fique sabendo que muito bom Prof. Doutor deste país diz: "há-des" e "houveram" (aplicado como "houveram dias..."). Mas, qual Tony Carreira e, nos seus tempos áureos das 24 rosas, Zé Malhoa, ela tem fãs...por isso, meus amigos...cada país é o reflexo do seu povo.

Já agora boa viagem!

Abraço.

kane