Ixto k já xateia, poxa

Tou kuase a dar 1 tiro a extes putos novoz k têm a mania d k xcrevem tudo axim kom 1 stilo bué da moderno, topas?
Estes anormaiz penxam k é altamente e xuper fixe exkrever axim, e depois quando chega a hora de escrever em português, saem calinadas como "onde é que puses-te". Ou piores.Batam-lhes, por favor, e obriguem-nos a voltar à cartilha.
É k n há paxorra, lol.

6 comentários:

karmatoon disse...

Meu querido,

detesto, como sabes bem, ser o arauto da desgraça, mas esse erro, o "puses-te" existe inclusive em trintões e quarentões, com curso, sem curso, etc...

Mas que esse putos irritam um morto, lá isso irritam.

Pedro Gasga disse...

Fdx! Este tipo de post só demonstra k extáx cota! Velho! Podre!
n entrax n expírito da juventude!

Um grupo de jovens ouvido pelo autor deste comentário mandou a seguinte mensagem

"Tax mm tipo cena".

o que 'per se' é extremamente elucidativo e reúne numa 'nutshell' o que penso sobre o assunto.

Lolly disse...

Bom,bom,bom... noto aí alguma irritação. Na verdade, isso é apenas economia: há que poupar tempo e espaço. Há que substituir o "ch" pelo "x", o "que" pelo "k", e por aí fora... Sim, alguns abusam e deixam-nos loucos depois de meia hora e tentar perceber o que raio estará ali escrito. Mas enfim, são sintomas da nossa sociedade. Quem sabe se daqui a uns aninhos essa não será a forma normal de escrever?
E, como foi comentado, não são só os jovens que dão erros: basta ver o jornal da TVI...
Fika fixe e n xtrexex lol

Eduardo Ramos disse...

Caríssimos.
Perante tal eloquência elucidativa acerca de uma imagem pictórica literária da escrita contemporânea, desenvolvida em sub-mundos digitais alternativos, no âmbito de conversações expeditas em áreas designadas para o efeito lúdico, como afirmar que assino por baixo o motivo do “post” em epígrafe do nosso Exmo. Sr. Carlos Moura.

Com elevada estima e consideração,

Eduardo Ramos

p.s. Mas na boa! Tass bem!

aifos disse...

Como eu te compreeendo...Isso aconteceu-me à uns tempos atrás quando a minha irmã de 15 anos me enviou um sms. Estive 15 minutos a tentar descodificar o sms...até que resolvi...telefonar-lhe...não percebi "puto" do que lá estava escrito...

Concordo que sejam o futuro mas daí a inventar um novo alfabeto...ker dzr...

Não tarda tenho que comprar o dicionário calão/português para conseguir comunicar com ela...

Enfim...e eu nem me considero cota...ainda...

Mário Ventura disse...

É por estas e por outras que a língua portuguesa vai perdendo aquela beleza que todos aprendemos a apreciar quando éramos mais novos...

Para mim, não é uma questão de economia nem um reflexo do modernismo da sociedade...é apenas uma questão de moda, que será seguida apenas por aqueles que se estão «cagando» para a língua portuguesa.

Pessoalmente, nunca respondo a mensagens desse tipo, seja em fóruns, sms ou até aos e-mails e comentários que me chegam no meu blog. Se calhar nada ganho com isso, mas durmo mais descansado pensando que a mim nunca Camões me irá chatear!