Esmeraldinha, futura psico

Tenho cá um palpite que quem decidiu o veredicto sobre o caso Esmeralda foi uma Junta Médica.
As Juntas Médicas, para quem ainda não está a par, são grupos de cidadãos que se dedicam a desafiar a lógica e o bom senso; uma espécie de Alberto João Jardim no plural.
Estou mesmo a imaginar a conversa entre estes cavalheiros:
"- Sabes o que é que era engraçado? Se em vez de darmos a miúda ao sargento, a mandássemos para o pai biológico! Essa ninguém estava à espera e, mais a mais, nunca gostei de tropas... Espera, já sei! Sabes como é que dávamos mesmo cabo da catraia? Se a obrigássemos a deixar a família (vais gostar desta!) mesmo a seguir ao Natal!
- Eh pá, tu és demais! Essa ainda é melhor do que quando disseste àquela professora que três cancrozitos não eram motivo para não trabalhar!!!
- Eu surpreendo-me! Mal posso esperar para ver a miúda daqui a uns anos... Bem, como é, almoçamos?"

1 comentário:

Norx disse...

Faça um comentário.....
Uhm...
Que tal....
NO FUCKING COMMENT!

Desculpa consporcar o teu precioso espaço.
mas é revoltante.
Ser Pai não é doar Esperma...
É aturar dores de dentes, mudar fraldas, passar noites numa Catus.