Greve Geralmente Desnecessária

Que me perdoem os camaradas sindicalistas amigos dos oprimidos e lutadores da liberdade e anti-precariedade companheiros de luta e labuta, mas esta coisa da greve faz-me alguma confusão.
Acho muito bem que se proteste e que se chame a atenção dos governantes, que se exijam os cumprimentos das obrigações e, acima de tudo, que se diga "estamos atentos". Tudo bem.
Mas isto da greve geral... faz-me mesmo confusão. Parece-me greve pela greve.

O país está em greve porquê?
Alguém viu uma lista de reivindicações, um projecto de mudança, um mero post-it que seja com alguma queixa específica? O governo já tinha avisado que estávamos em tempos difíceis e que íamos apertar o cinto. Estamos a reclamar contra o quê? Estarmos em tempos difíceis a apertar o cinto?
Alguém percebe um sentido práctico e estruturado nesta suposta greve geral, que mobilize os portugueses? A sensação que tenho é que o único efeito que estas greves provocam, além dos óbvios sobre o trânsito citadino, é um ping-pong nos telejornais em que uns dizem que foi um sucesso e os outros um fracasso com fraca adesão.

Não me parece greve: parece-me birra.
E amanhã, volta tudo ao mesmo.

5 comentários:

Fia disse...

Hoje acordei com as noticias na rádio da greve e fiz exactamente a mesma pergunta...mas a que propósito vem esta greve sem sentido??...
No final só lamentei n fazer parte da função pública...
Era sinal que tinha pretexto para não trabalhar...
Mas..cada um tem o que merece, não é verdade?...

Azarito...

Eduardo Ramos disse...

Realmente... uma greve sem grave!

Popy disse...

e eu ate fikei admirado...

a quanto tempo nao via uma greve colada a um fim de semana ou feriado

acho muito estranho nao aproveitarem o feriado do dia 7 para fazerem greve dia 8 e assim terem um fim de semana de 4 dias

Anónimo disse...

Eu até acho muita piada do mal que falam da função pública. Na função pública há de tudo: o bom e o mau. mas pelo menos os funcionários públicos pagam impostos. Não fogem aos seus deveres...pode dizer-se o mesmo de quem não é funcionário público? Quantas vezes não declaram o que ganham? São portugueses responsáveis? É tão mais fácil criticar os outros quando não se olha para o próprio umbigo.
Regina

Norx disse...

Esta greve teve um unico proposito, o de provar ao governo que também é possivél fazer greves ao meio da semana ... e não numa terça ou quinta, nem numa semana com feriados pelo meio!
Mas bonito era provar que este pais ainda tem volta!