Estes congressistas são loucos

Na sexta-feira estive num congresso de alunos de medicina para falar sobre duas coisas sobre as quais não percebo nada: sexo e humor. Para equilibrar as coisas, fui acompanhado pelo Luís Filipe Borges e pelo Fernando Alvim - assim o público não se sentiu muito defraudado.
Apesar de tudo, foi uma conversa fantástica, seguida de um jantar na companhia de jovens futuros médicos. Daqui a uns tempos, quando começar a precisar a sério de tratamento para os problemas naturais da minha idade, terei sempre a hipótese de tentar puxar uma cunha. Tenho que me lembrar disto quando for ao toque rectal, por isso convém tratar primeiro do sr. Alzheimer.
No meio de tanta coisa e tanta malta nova, verdadeiros marrões modernos da nova geração - simpáticos, bem-dispostos e inteligentes - apercebi-me claramente que estou a ficar velho. Há ali malta que quando eu acabei o secundário ainda estavam a aprender a ler. O raio do tempo passa e, para isso, não há remédio.
Onde é que eu pus a algália?

3 comentários:

ni disse...

Nada como umas boas gargalhadas (interiores, tendo em conta que me encontrava num local de trab!) antes de ir almoçar.
;)

Eduardo Ramos disse...

Devia haver um local onde só se fize-se coisas que fazem rejuvenescer.
Tipo, beber leitinho, sexo (estas duas coisas podem se conjugar :D ) e stand-up ( Pronto. Vá! 3 ).

;)

aas disse...

...a divagar se vai ao longe... ;)