Coisas da Publicidade...

...um amigo meu aproveitou a Semana dos Bebés do Continente e comprou quatro, incluíndo uma menina de seis meses.


O Banif gastou 20 milhões de euros para mudar a imagem corporativa. Agora tem como símbolo o centauro, que é como quem diz "o nosso banco é tão credível como as figuras mitológicas", além da cor púrpura à qual eles chamam indigo. O novo slogan do banco é "A força de acreditar". Na verdade, é preciso ter força para acreditar que gastaram 20 milhões nisto.
No comunicado de imprensa, em que explicam alegremente esta operação estética, os senhores do banco açoriano dizem também que este rebranding, que começou com um teaser, está a ser transmitido num mix de comunicação num formato mais trendy e eye-catching, para lá da comunicação outdoor.
Fico feliz por eles.
E, se eles conseguissem fazer isto tudo em português, mais feliz ainda ficaria.

ADENDA: Onde em cima se lê "açoriano", deve-se ler "madeirense"

14 comentários:

Anónimo disse...

Se o sr. Berardo muda de banco ainda nos dizem f... y...

Abraço.

Filipe

aas disse...

Ai!! Perdemos o esperanto, mas ganhamos o banifês!

eheheh

Oh segundinha!!!!

ni disse...

Pois! Também estava a pensar passar por lá, a ver o k encontro! Kem sabe são mm baratinhos!

Será falta de imaginação?
estão em greve pelos direitos; e foi no que deu!!!!

Eduardo Ramos disse...

1º - gostaria de saber porque o "ser mitológico" atira para o ar. Todos sabemos que quem atira para o ar, pode cair-lhe na cabeça. Ou será que anda aos "passáros"? Que mensagem, sim senhor.
2º - bela cor. O "conde" já deve ter tomado providências para mudar de banco. Isto, tomando do principio que ele não teve nada a ver com a ideia.
3º - porquê uma coisa meio humano 3/4 cavalo? ( sim! três quartos)Mais cavalo menos pessoa. Qual a mensagem escondida? A maneira como se lida com os clientes, negócios escuros ou bestialidade?
4º - Se dizes que estou debaixo de drogas por ter escrito isto, quando te encontrar, ponho-te ma dedada nas lentes.
:)

Anónimo disse...

Funchal é na Madeira, pá!

Miguel Branco disse...

Amigo, o BANIF é um banco madeirense e não açoriano.
Fora isso, o indigo até é uma cor que te assenta bem...se fores uma coroa de flores aos pés de um defunto.

Abraços

karmatoon disse...

Fdsss, e eu que is jurar que já estive nos Açores e não visitei nenhuma localidade chamada funchal...

Estranha pessoa esta disse...

Gostei de ler, parar e sentir estas pequenas 'irritações' :)

Carlos disse...

Pronto, já adicionei a devida correcção. Na verdade, estou a borrificar-me para a origem do banco; até porque se lerem o comunicado de imprensa, a coisa vem assinada de Lisboa.
Mas pronto, verdade seja feita.

Carlos disse...

E onde se lê "borrificar-me" no anterior comentário, deve-se ler "borrifar-me".

Isto está-me a correr bem, está.

S. disse...

Eu gosto dos mupis. Vê-se a pata do cavalo.. ;)

Pintinho disse...

O Eduardo Ramos estava sob o efeito de drogas quando escreveu aquele comentário.

Quanto ao banco, oferecia 5000€ a 12 instituições de solidariedade uma em cada semana e aparecia em todos as televisões, jornais, revistas e rádio durante 3 meses e a gastar uma quantia verdadeiramente irrisória quando comparada com os 20M.


Resumindo: o Eduardo é que curte...

Eduardo Ramos disse...

Pintinho!
1- Deixa-me dizer-te... é verdade. Tendo curtir a vida da melhor maneira possível.
2- NÃO! Não uso drogas. ... Vá um BEN-U-RON quando calha... e Aspegic... Imodium... Chega!... e AERO-OM.
3- Não tens óculos, pois não?

anaas disse...

Já tinha feito aqui um comentário... Vasculhei literalmente até voltar a dar com este artigo... anda por aí a dúvida de que a figura mitológica é uma égua...

rsrsrsrrs será???? ( carlos, acho que é mesmo a sério) :):):)