Merece ser lido.


Renée C. Byer ganhou o prémio Pulitzer deste ano com uma reportagem fotográfica sobre uma mãe e um filho que lutam contra o cancro. E que perdem. Um relato crú, real e directo ao coração. Merece ser visto. Cliquem aqui para aceder ao trabalho, e leiam.

9 comentários:

O Embalador de Codornizes disse...

Disse um distinto médico, há bem pouco tempo, que até o oxigénio pode provocar o cancro. Isto de facto resume tudo.É uma praga para o qual não há "bálsamos" à altura.

Já fui também atropelado por uma onda dessa doença no seio da minha família, enfim...

Por isso vou embalando umas codornizes, pelo menos, tou distraído com a passarada.

Cumprimentos do embalador

karmatoon disse...

Obrigado, amigo.

nuno eÔ eÔ disse...

Prémio mais que bem entregue!

Pratas disse...

As fotos estão muito intensas..

Marco Rebelo disse...

bem entregue...:)

Fia disse...

Tenho o coração em fanicos depois de ver estas imagens...
A realidade pode muitas vezes ser cruel ao ponto de nos fazer rolar uma lágrima pelo rosto, mesmo sabendo que não é a nossa realidade pessoal...

Norx disse...

Neste momento gostaria que as palavras saissem da alma directamente para este ecrã!

sweetjane disse...

Fiquei esmagada. É doloroso e inimaginavel, para quem jamias passou por algo semelhante. O trabalho está muito bem feito.

Sarita disse...

Impressionante...mas é realidade...
E nós que não somos melhores nem piores, por vezes preocupamo-nos ou chateamo-nos por coisas que não têm signficado nenhum!!
É pena que o Homem tenha que viver certo tipo de situações para valorizar sentimentos tão simples como o amor, o companheirismo e o respeito pelo próximo...que não se compram, nem se vendem mas sentem-se.
Bjs